Voltaremos em breve


Como o ultimo post do Stan foi sobre uma pausa, gostaria de esclarecer mais…
Primeiramente gostaria de pedi desculpas pela ausência nas postagens, e comunicar a todos que o blog está passando por alguns ajustes para melhor atendê-los.  Aguardem que o ” Tec-Cia” voltará com novidades e bastante conteúdo, e melhor ! Todo reformulado, com novas tecnologias e nova aparência, e em um novo endereço, então aguardem. Equipe Tec-Cia

Anúncios
Categorias:Uncategorized

Pausa para as férias?

8 de julho de 2011 Deixe um comentário

Não, é apenas uma pausa para o café!

O Tec & Cia está passando por pequenas modificações administrativas, estamos “pondo ordem na casa”, para o blog ficar cada vez melhor!

Então em breve nós voltaremos com força total.

Fiquem de olho!

 

Equipe Tec & Cia.

Categorias:Demais assuntos Tags:, ,

Aniversário do nosso editor Stan, parabéns cara ! LOL

5 de julho de 2011 1 comentário

Hoje é Aniversário do nosso editor do blog o Anderson, parabéns brother, felicidades, saúde e paz !
Posso dizer como fundador do blog, que se não fosse por esse cara, o blog não teria tanta graça que tem hoje, abração velho !

Categorias:Uncategorized

Site da Microsoft é invadida por hackers, Lulzsec…

Domingo, 03/07, por volta das 23:00, estava navegando no twitter quando vi o povo retwittar menssagens que o site da microsoft Brasil foi hackeado, e estava escrito na página principal : “Ms Brazil 0wn3d by TG” como vocês podem ver na foto :

O ataque hacker poderia estar relacionado com o grupo LulzSec Brazil, que recentemente pegou informações de políticos.
Confira o Print :

Categorias:Hacker

Chuva atrapalha ato de hackers do grupo LulzSec

A passeata organizada pelos hackers do grupo LulzSec neste sábado foi prejudicada em Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS) pelo mau tempo. Na capital paranaense, o protesto reuniu cerca de 40 pessoas nas escadarias do prédio histórico da Universidade Federal do Paraná (UFPR), na praça Santos Andrade. Apesar da chuva, os jovens caminharam pelo centro da cidade para cobrar mais “liberdade de expressão”. Em Porto Alegre, além da chuva, o frio intenso atrapalhou a concentração dos manifestantes, que se reuniram no parque da Redenção.

O movimento foi organizado nas principais capitais do País, como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Os LulzSec se apresentam como grupo de hackers que derruba sites a partir de ataques que revelam brechas de segurança de diversos sites e empresas “apenas pela diversão”. Os manifestantes também aproveitam para protestar contra a corrupção dos políticos brasileiros.

Em Curitiba, os hackers caminharam debaixo de chuva forte até a Boca Maldita, tradicional ponto de manifestações políticas no calçadão da Rua XV de Novembro, no centro da capital paranaense. Segundo um dos participantes da manifestação, identificado com @arykara, a passeata marca o início de uma nova fase de ataques dos grupos de hackers. “Estamos começando a fase 2 dos Anonymous. Invasões com dados da corrupção, em parceria com a Wikileaks”, disse.

Ele não adiantou nenhuma ação específica programada para os próximos dias, mas disse que políticos e instituições com histórico de corrupção serão o alvo preferido. “Políticos, exigimos que parem de nos roubar, que parem de lesar a população”, dizia uma das faixas do grupo que saiu às ruas de Curitiba.

Na capital gaúcha, alguns manifestantes se encontraram no parque da Redenção para protestar. Usando máscaras, eles criticaram os políticos e pediram mais liberdade. “Eles querem seu dinheiro, nós queremos liberdade”, dizia um dos cartazes.

Passeata da comunidade espanhola “ofusca” protesto em Belo Horizonte
Em Belo Horizonte, uma passeata da comunidade espanhola para celebrar o dia da Nossa Senhora do Rocío ofuscou a manifestação dos hackers. A tradicional festa da colônia espanhola reuniu centenas de descendentes, carros alegóricos e bandeiras. Enquanto isso, cerca de 20 jovens que aderem ao LulzSec se organizavam no coreto da praça da Liberdade.

Apesar do baixo quórum, os hackers defenderam suas ideias. “O governo está ocultando dados e informações importantes, estão com medo de ataques, medo de perder todo o seu luxo, e o dinheiro vem do povo”, disse o técnico de informática Cláudio Manoel, 21 anos, organizador do protesto na capital mineira.

Para Manoel, o governo deveria divulgar informações, que são de interesse público para a população. “O governo acredita em informações sigilosas, mas tem que informar o povo, estamos vivendo uma falsa liberdade”, disse.

Incomodado com a pouca adesão do protesto, o técnico de informática Woton de Souza, 23 anos, afirmou que o brasileiro é acomodado. “A galera aderiu a causa na internet, mas na hora de vir a rua, a manifestação não acontece”.

Segundo os manifestantes, cerca de 500 pessoas confirmaram presença na passeata de Belo Horizonte em um site de relacionamento da internet. “Não adianta curtir, temos que agir”, disse a estudante de psicologia, Karina Dias, 21 anos.

Fotos : TecCia
Fonte : Dicas em Geral 

Novo conceito de supermercado: Aponte o celular e escolha o que quiser.

Você não vai precisar enfrentar filas, e agitações no supermercado,  e nem muito menos sites de compras virtuais, esse é o novo jeito de fazer compras na Coreia ultimamente. O cliente fotografa o código QR com a câmera de seu smartphone, coloca os dados do cartão e finaliza a compra. O pedido será entregue na casa do comprador, com toda a comodidade. Muito interessante por sinal.

Categorias:Software, Tecnologia

Apresentando o projeto Google+: O compartilhamento da vida real na perspectiva da web

A necessidade de se conectar com os outros é um dos instintos mais básicos dos seres humanos. Com um sorriso, uma risada ou com um aceno nos conectamos com os outros todos os dias.

Hoje, cada vez mais, as conexões entre as pessoas acontecem on-line. Apesar disso, as nuances e a essência das interações do mundo real são perdidos na rigidez das nossas ferramentas on-line.

Desta forma básica e humana, o compartilhamento on-line é inadequado. Ou até mesmo quebrado. E queremos consertá-lo.

Gostaríamos de trazer as nuances e a riqueza do compartilhamento da vida real para o software. Queremos incluir você, seus relacionamentos e seus interesses, e fazer o Google melhor. E assim começa o projeto Google+:


+Círculos: compartilhe o que é importante com quem mais importa

Nem todos os relacionamentos são criados igualmente. Compartilhamos uma coisa com um colega de trabalho, outra com nossos pais e quase nada com nosso chefe. O problema é que os serviços on-line de hoje transformam amizades em fast food: embrulhando todo mundo com a embalagem “amigos”. Assim, o compartilhamento torna-se prejudicado:

  • É descuidado. Queremos nos conectar com certas pessoas apenas em alguns momentos, mas o que acontece on-line é que sabemos tudo de todo mundo, o tempo todo.
  • É assustador. Cada conversa on-line (com mais de 100 “amigos”) é uma exposição pública e, por isso, compartilhamos menos com medo dos holofotes.
  • É impessoal. Os conceitos de “amigo” e “família” são diferentes para cada pessoa, da sua própria maneira, nos seus próprios termos. Porém, perdemos essa diferenciação quando estamos on-line.

Ao analisar essas limitações, nós nos perguntamos: “o que as pessoas fazem de verdade?” E não precisamos buscar muito para descobrir a resposta. As pessoas, de fato, compartilham seletivamente o tempo todo, com seus círculos.

Da família aos colegas da escola, descobrimos que as pessoas já usam os círculos da vida real para se expressarem e para compartilhar de forma precisa com as pessoas certas. Assim, fizemos o mais lógico: trouxemos os Círculos para o software. Simplesmente crie um círculo, adicione pessoas e compartilhe novidades, assim como um dia qualquer:

 Veja mais…
Leia mais…